Histórico e Perfil Corporativo

A Biobrás foi pioneira no Brasil em biotecnologia farmacêutica sendo fundada por empreendedores que na década 70 investiram na produção de substâncias biológicas, extraídas de vegetais e tecidos animais, destinados às indústrias farmacêuticas, alimentícia e têxtil.

No final dos anos 70 a empresa firmou uma joint venture com uma das principais produtoras mundiais de insulina, para a produção local de insulinas animais. Destacamos que já naquela época a Companhia era aprovada pelo FDA (Food and Drug Administration - órgão americano responsável pelo controle de alimentos e medicamentos) operando segundo as Boas Prática de Fabricação, que somente foram implementadas no Brasil em 2001, com a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Nos anos 80 e 90, a Companhia adquiriu o controle da joint venture; desenvolveu sua tecnologia de produção de insulina humana recombinante; e a sua propriedade intelectual. Ainda conquistou novos mercados, sendo uma das poucas empresas brasileiras que exportavam produtos farmacêuticos para mais de 20 países na Europa, Américas e Ásia.

Em 2001 a Biobrás foi cindida com a criação da Biomm. Para a Biomm foram transferidos os principais pesquisadores, o completo know-how de produção de insulina e outros biofarmacêuticos, as patentes do processo de produção de insulina e os principais executivos do negócio.

A Biomm dedicou-se exclusivamente ao desenvolvimento tecnológico, licenciamento de sua tecnologia e na reestruturação para a volta ao mercado.

Em 2012 a empresa migrou para o segmento Bovespa+ de maior transparência na governança corporativa e em 2013 concluiu o processo de capitalização para a construção da fábrica em Nova Lima, Minas Gerais.

Hoje, a empresa trabalha para acelerar a entrada no mercado brasileiro de produtos biofarmacêuticos e busca também outras oportunidades de negócio de modo a oferecer ao mercado um portfólio de produtos inovadores.

Última Atualização em 27 de Maio de 2015